E, convocando os seus doze discípulos, deu-lhes VIRTUDE E PODER sobre todos os demônios, para curarem enfermidades. E enviou-os a pregar o reino de Deus, e a curar os enfermos. Lucas 9:1-2

O que crê hoje quase tonteia se ousar considerar a REALIDADE das palavras de Jesus. Como era simples o que falava! E como eram poderosas Suas palavras! “Admiravam a Sua doutrina porque a Sua palavra era com autoridade,”Lucas 4.32. Como é grande o desafio de aceitarmos Suas palavras

Exatamente como Ele as falou e começar a desempenhar o ministério como Ele deu mandamento!

Poder dado ao Cristão.

Pedimos constantemente a todos que não olhem para nós, prometendo-lhes somente desapontamento se esperarem receber benefício de nós. Dizemos lhes que nos não temos coisa alguma. Mas Pedro falava diferente de nós. Nós dizemos: “Não olhem para nós, porque não temos coisa alguma.” Mas Pedro disse: “OLHA PARA NOS, o que tenho isso te dou,” Atos 3.4,6. Observe a diferença, É possível que isso seja a explicação da diferença nos resultados? Com certeza. Pedro explicou que era o poder de Cristo ressurreto que operava o milagre (versículo 12 e 13), mas esse poder estava em Pedro,através do Espirito Santo. E promete-se o mesmo poder a cada pessoa que crê,Atos 2.39.

Esses milagres não eram efetuados à mão de um profeta ressuscitado. Eram obras de pescadores comuns e simples, do tempo de Herodes, revestidos do mesmo poder que Elias tivera, mas não eram Elias. Olha em redor e percebe sua posição hoje. O que crê hoje tem o mesmo poder e autoridade como aquele que cria então,se o quiser desempenhar. O Espirito Santo é o mesmo e com o mesmo poder daquela época. O que falta para nós então? Falta Crer e não no Acreditar.submissao

A Fraqueza é fortaleza.

E disse-me: A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza.2 Cor 12:9 “…Porque quando estou fraco então sou forte.”2 Cor 12:10. Deus quando quer colocar seus planos em ação, usa homens comuns, não usa “superdotados” ou pessoas de destaque na sociedade…. Ele usa pescadores, vendedores, pastores ou seja pessoas como você e eu que achamos que somos pequenos e fracos. Assim falou Moises Ex 3:11 4:1,10 Isaias Is 6:5 Jr 1:6 Joel “Diga o fraco: eu sou forte” Joel 3:10, Hebreus 11:34 diz “Da fraqueza (os profetas) tiraram força”. Assim quanto mais fraco você se sente, tanto mais forte você está em Deus. Esse fato comprovado por tantos versículos, não concorda com o que sentimos ou pelos nosso sentidos uma vez que andamos por fé e não por vista 2 Cor 5:7 Assim convém declarar-nos FORTES nEle mesmo quando nos SENTIMOS fracos em nós mesmos. A fé não é sentimento, a fé é ação, assim qualquer pessoa que agir segundo o que sente ou julga parecer, Jamais conhecerá a benção do poder de Deus sendo aperfeiçoado na fraqueza humana (a fraqueza que sentimos). Quando sentimos fracos na carne e falamos de nossa fraqueza, glorificamos o Diabo, que se deleita em abalar nossa força e fazer fracassar o plano de Deus para realizar milagres em nossa vida. Se, ao contrário, ao sentirmo-nos fracos, confessamos ou declaramos “Quando estou fraco, então sou forte”, nosso testemunho da Palavra derrotará o senso de fraqueza, e assim nos fortaleceremos para fazer proezas. Estaremos glorificando a Deus, o Único que pode transformar fraqueza em força, tornando o fracasso em vitória. Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece fil 4:13

O Segredo que traz grande avivamento a Igreja.

Se a Igreja fica convencida de que pode fazer o que Deus diz que ela pode fazer, e de que ela é o que Deus diz que é, um outro dia de vitória triunfante, como aquele na Igreja primitiva, será o resultado inevitável.

Lembremo-nos da grande oração de Jesus por nós ” Assim como tu me enviaste ao mundo, também eu os enviei ao mundo. João 17:18″Ora somos ordenados (João 15.16) a representar Cristo NESTA vida. Temos de fazer as obras de Jesus, temos de manifestar Sua fé, temos de manifestar Seu amor, e temos mesmo de falar as PALAVRAS do Pai que Ele (Cristo) nos deu para falar, João 17.7,14. Somos ordenados a REPRESENTAR CRISTO, em toda a fase neste mundo, justamente como Ele, nosso Irmão mais velho, representou o Pai ao mundo. Descobre-se em Jesus justamente o que é o sonho do Pai quanto a um Filho. Jesus era o “Filho modelar,” mas agora, Paulo diz: “Porque SOIS FILHOS, Deus enviou AOS NOSSOS CORAÇÕES o Espírito de Seu Filho (Jesus) ..Assim não és mais servo, mas FILHO,” Gal. 4.6,7. Mas se declarássemos isso, certamente seríamos acusados, como acusavam a Jesus, de nos fazermos iguais a Deus. Certo vez um pregador, ao ver seu privilégio no Evangelho, e que tinha a coragem de o declarar, foi acusado: “O senhor faz-se igual a Cristo.” A isso ele respondeu sabiamente: “Não, não me faço igual a Cristo. Ele faz-me igual a Si mesmo —e deixo-O fazê-lo.” Que autoridade tinha esse pregador, e nós se crermos poderemos ter essa mesma autoridade.

A autoridade do Nome de Jesus

“Pelo que também Deus o exaltou soberanamente, e Lhe deu um nome que é sobre todo o nome; para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho dos que estão nos céus (os anjos), e na terra (os homens), e debaixo da terra (os demônios)”, Fil. 2.9,10. Todos os seres em todos os três mundos têm de se

ajoelhar diante do NOME todo-vitorioso e todo-poderoso; e Jesus disse que no Seu Nome poderíamos fazer as obras que Ele fazia; “Aquele que crê em mim também fará as obras que Eu faço, e as fará maiores do que estas; porque Eu vou para Meu Pai,” João 14.12. Como é grande o poder disponível quando cremos nisso e agimos com essa autoridade! Paulo diz: “Somos embaixadores de Cristo,” II Cor. 5.20. Um embaixador não duvida da fidelidade do país, que ele representa, em dar apoio à sua palavra. Ele sabe que o fará. O próprio título de seu ofício dá a entender isso. Espera-se que O representemos, “da parte de Cristo” ll Cor. 5.20, e Deus, o Pai,

nunca falha em cumprir as palavras de Jesus Cristo. Amém

 

                                                                                                                             Pr Gerson Oliveira