Diabo = Satanás = Adversário -> Significa -> O Erro. O Engano. A Mentira. Pai da Mentira. Nosso Inimigo. Inimigo de Deus

TENTAÇÃO DE JESUS CRISTO: Mateus MATEUS 4:1-3 O texto nos mostra que o Mestre foi conduzido pelo Espírito para o deserto para ser tentado, por alguém, ou por uma força, ou por ninguém? Bem, é preciso ter muito tato quando lidamos com adversários que querem apenas confundir, instrumentos de Satanás, usando a própria Bíblia contra ela mesma. Foi assim que se deu no Jardim do Éden, quando satanás, incorporado em uma serpente usou as palavras do Criador confundindo Eva no que Deus teria dito: “É assim que Deus disse: Não comereis de toda a árvore do jardim?  Gênesis 3:1-3.  Veja que a astúcia do inimigo foi confundir o que foi dito pela palavra do Senhor. E Eva teve a melhor das boas intenções em defender o Criador . Entretanto, desconhecia que não se deve dar ouvidos ao que o nosso inimigo número um tem a nos propor em conversas, ou seja, não se deve manter diálogos com o inimigo, pois certamente cairemos em armadilhas, como Eva caiu, mesmo se tivermos as melhores intenções em defender a verdade. Mantendo o diálogo, Satanás foi mais longe e persuadiu Eva à cometer tal pecado já conhecido de todos nós: duvidar da Palavra de Deus. Duvidar da palavra de Deus levou à conseqüência do pecado – comer do fruto proibido.Aqui não temos uma mera crença popular, mas as Escrituras nos fornecendo dados sobre o inimigo de Deus, o Diabo.Seria a serpente então uma forma personificada de um diabo qualquer? Ou uma mera ilustração de algo que transparecesse o mal?Vamos voltar à Palavra de Deus para identificar a serpente:“E houve batalha no céu; Miguel e os seus anjos batalhavam contra o dragão, e batalhavam o dragão e os seus anjos; Mas não prevaleceram, nem mais o seu lugar se achou nos céus. E foi precipitado o grande dragão, a ANTIGA SERPENTE, chamada o Diabo, e Satanás, que engana todo o mundo; ELE foi precipitado na terra, e os seus anjos foram lançados com ele” Ap 12:7-9.Vejamos:Aqui estamos tratando de uma batalha. Onde se deu essa batalha? NO CÉU.Quem estava envolvido nessa batalha? MIGUEL E SEUS ANJOS de um lado; e do outro,O DRAGÃO, ou A ANTIGA SERPENTE, chamado DIABO, e SATANÁS, que engana todo o mundo . Agora temos um dado informativo importante, pois não se trata de uma coisa, uma força, ou uma questão de interpretação. Aqui nos afirma a Palavra de Deus que “ELE” – ALGUÉM que perdeu a batalha – foi precipitado, ou lançado para a terra, e com “ELE” SEUS ANJOS.Não podemos negar que se trata de uma pessoa ou uma personalidade que habitava o Céu, e que tinha sob seu comando alguns anjos, pois foi precipitado ELE e seus ANJOS.Em Hebraico, a palavra AZAZEL, que não aparece nas escrituras, mas é conhecida com referência ao bode emissário, quer dizer “O SER DO MAL CRIADO POR DEUS”. Não que o Senhor tivesse criado o mal, como alguns pensam e afirmam, mas esse ser não fora criado para o mal, e sim como querubim cobridor, e soberano entre os anjos, “que não guardaram o seu principado, mas deixaram a sua própria habitação, e se instalaram aqui na terra” (Judas 6) antes mesmo de serem expulsos do céu; este ser se rebelou e resolveu habitar aqui na terra a princípio, deixando sua habitação anterior, preferiu se estabelecer aqui, pois “era o querubim”, ungido para guardar o Jardim, (Ezequiel 28:14, 15), até que tivesse sido expulso da presença do Altíssimo definitivamente,  em batalha contra Miguel, pois até a morte de Cristo, satanás tinha acesso ao Céu, como representante da terra, como no caso de Jó, ou agente de Deus para a destruição, como foi o caso do Anjo da morte, no episódio no Egito (ver Êxodo 12:12); ou como enganador, um espírito de mentira, no caso do Rei Acabe ( ver I Reis 22:19-23); pois na realidade, satanás, por usurpação, se tornou o príncipe deste mundo, oferecendo as glórias terrenas em tentação ao Salvador, dizendo-Lhe que daria todo poder e sua glória, porque a ele fora entregue, e ele tinha o direito de dar a quem ele quisesse ( ver Lucas 4:6). Não estamos falando de algo fictício, mas de um ser real, um personagem, inimigo da humanidade. Jesus, quando voltava do Egito, entrou em Jerusalém, e agora em conferência com Seus discípulos, estava se sentindo muitíssimo triste, pois estava se aproximando a hora da sua morte. Foi então que ouviu-se uma voz vinda do céu, onde alguns dos presentes pensaram ter ouvido um trovão, outros achavam que tivera sido um anjo. Mas Jesus explica-lhes que aquela voz fora por amor daqueles que ali estavam, pois aproximava-se a hora em que seria derrotado definitivamente o PRÍNCIPE DESTE MUNDO, por ocasião da Sua morte na Cruz (ver João 12:27-31).Antes disso, Satanás tentou de várias maneiras destruir a linhagem de Davi, pois da raiz deste, procederia Aquele que regeria todas as nações com cetro de ferro, unindo todos em um só povo. Por esta razão as Escrituras nos afirmam que “o dragão PAROU diante da mulher que havia de dar à luz, para que, dando ela à luz, lhe tragasse o filho” Ap 12:4. Veja que Satanás não ousava tocar na mulher. Porém em Ap 12:8 “nunca mais se achou o seu lugar no céu”, entre os que compareciam na presença de Deus periodicamente, pois fora precipitado neste mundo para sempre.Com a morte do Filho de Deus veio a salvação, “e a força, e o reino do nosso Deus, e o poder do Seu Cristo; porque já o acusador de nossos irmãos é derrubado, o qual diante do nosso Deus os acusava de dia e de noite”. Mas “Ai dos que habitam na terra e no mar; porque o diabo desceu até vós, e tem grande ira, sabendo que já tem pouco tempo”. Até então, não estamos tratando de algo fictício, mas de um personagem real, literal, que a bíblia denomina de querubim cobridor, diabo, inimigo, príncipe deste mundo, deus desta era,tentador, enganador, espírito de mentira, dragão, antiga serpente, acusador, e Satanás. O diabo e seus anjos serão lançados para dentro do lago de fogo, serão destruídos para sempre (ver Ap 20:10 e 14). A finalidade da missão do Filho de Deus aqui na terra não teve como prioridade destruir o diabo, pois o último inimigo a ser aniquilado é a morte (I Cor 15:26), mas desfazer a obra do Diabo 1Jo 3:8 e Salvar aqueles que crerem na morte e ressurreição de Jesus Jo 3:16. A condenação e a morte é uma consequência da desobediência contra o Deus Altíssimo.                                Pr Gersio Oliveira